Zé Urbano

Loading...

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

SURTO

Não sou pedra, não sou osso,

não sou carne de segunda!

Não vem com essa, seu moço,

olha o pontapé na bunda!


Sou artista, sou de arte.

Sou mais sério que cicuta.

Faço sempre a minha parte

e não vivo de permuta.


Não sou fraco, não sou lento.

Não me canso da labuta.

Não sou falso e nem invento.

Sou poeta... e a vida me surta!!!!

JOVEM

Alguns jovens são tão tolos.
Levam tudo que acham à goela.
Constroem, tijolo à tijolo,
um pobre passado banguela.

Divertem-se com mesmices
e tem medinho do escuro.
Sonham com galãs e misses,
que afagam seu gene imaturo.

De mamãe querem o colinho
toda vez que a vida aperta
Não conseguem dormir sozinhos
morrendo de saudade de uma teta.

Uns crescem e ficam adultos,
outros choram pelo Danone.
Quando contrariados, ficam putos,
e com medo que a mãe os abandone!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

O DESERTO DA MINHA ESTUPIDEZ

Lá eu me alimento do sal
das lágrimas que escorrem
(dos meus olhos,inchados de sol)
direto ao meu lábio, onde morrem.

É lá que eu procuro obstinado
a razão de tanto nada
o pôrque do meu pecado,
dessa certeza que me enfada,

De que o nexo da existência
nada mais é que o fardo da cupidez
que eu carrego, sem clemência,
pelo deserto da minha estupidez.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

E NÓS CONTINUAMOS NAVEGANDO POR ESSE RIO
CAUDALOSO DE PERGUNTAS PARA DESAGUAR
NUM MAR REVOLTO, SEM RESPOSTAS!

domingo, 5 de fevereiro de 2012

A CANÇÃO DOS DIAS QUE VIRÃO!

QUANDO VOCÊ ENCOSTAR EM MEU PEITO
E ESCUTAR BATER O MEU CORAÇÃO
SAIBA QUE ELE BATE FORTE
NO COMPASSO DA NOSSA PAIXÃO!

E SE VOCÊ SENTIR O MEU SANGUE,
BEM QUENTE E CREMOSO,
NO ÁTRIO DA MINHA EMOÇÃO,
SAIBA QUE ELE CORRE EM SUA DIREÇÃO!

E QUANDO NOSSAS CÉLULAS ENAMORAREM-SE
E FIZEREM AMOR COM O NOSSO TESÃO,
NASCERÁ, DAÍ, A NOSSA CANÇÃO!

A CANÇÃO DO AMOR ETERNO
A MAIS OUVIDA ENTRE O CÉU E O INFERNO
A CANÇÃO DOS DIAS QUE VIRÃO!